21 de dezembro de 2009

Soprando as velinhas!

Meu aniversário foi como os outros dias do ano, com muitos motivos para me alegrar (como as mensagens que recebi aqui, no orkut, emails, telefonemas de pessoas queridas, carinho e amor do Bebeto, alegria contagiante do Miguel) e alguns motivos para me chatear (me esbarrei na difícil mentalidade alemã!). Como nos outros dias do ano, aproveitei cada segundo, guardei as coisas boas e vou deixar as chateacoes para trás (apesar de ainda te-las na cabeça).


O dia começou com um café da manha na igreja. Tinhamos sido convidados pela esposa do chefe do Bebeto que tem feito de tudo para estabelecer uma amizade comigo. O café da manha foi super agradável e acabei encontrando uma amiga muito especial, uma velhinha de 84 anos que sempre transborda alegria. A primeira coisa que ela me perguntou foi que dia era o meu aniversário e eu respondi que era ontem e que não faria festa, mas que gostaria que ela passasse aqui para comer um pedacinho do bolo (foi ai que eu vacilei!). Os velhinhos que estavam lá cantaram parabéns para mim em inglês e alemão e apesar da vergonha adorei o carinho deles. Ainda tive a oportunidade de ouvir um pouquinho da palavra de Deus o que sempre me enche de alegria e me faz arrepiar de emocao.


Por causa da ansiedade desmedida com a viagem para o Brasil e por morar numa casa muito pequena (se eu fizesse uma festa teria que deixar algumas pessoas de fora) optei por não convidar ninguém para o meu aniversário. Planejei uma festinha simples para mim, Bebeto e o Miguelzinho. Fiz bolo de cenoura com chocolate, trufei um panetone, fiz pão de queijo e croissant e enfeitei a casa com balões de porquinho, que é sinonimo aqui de muita sorte. Como encontrei a velhinha que falei acima, acabei a convidando. E para não ficar chato, liguei para a nora dela que é minha amiga distante e que eu sabia que iria esquecer do aniversário. A velhinha não veio, mas a nora veio e me passou um sermão. Disse que quando queremos que alguém venha na nossa festa, devemos convidar antes e que alemão não vai a lugar nenhum se não tiver presente para levar. Nem preciso dizer que fiquei arrasada, né? Minha intenção não foi chateá-la e por isso vou escrever pedindo desculpas, por que se eu ligar, corro o risco de embolar no alemão e acabar piorando a situação. Tirando isso foi tudo bem e acabei aprendendo mais um pouco sobre a cabecinha dos alemães que nao tem mesmo que ser como a gente. As vezes a gente esquece disso e acaba esbarrando nas diferencas culturais, coisa natural quando se mora fora.

Amei cada gesto de carinho que recebi! Cada palavra escrita com o coração, cada palavra verdadeira que ouvi dos meus amigos e da minha família querida. Pessoas que me comemoram todos os dias do ano, que me mostram o quanto sou especial e única e que fizeram com que o meu dia tenha sido ainda melhor e que fazem com que a minha vida seja sempre mais colorida. Obrigada a todos!

6 comentários:

Eve disse...

Feliz Aniversário atrasado!!!!

Agora sei pq me identifo com vc, é uma sagitariana da gema!!!!

Felicidades sempre!!!

Anônima disse...

Ai que delicia Liz. Eu amo niver, sou festeira por natureza mesmo. Vc mora na Alemanha? Em que parte? Tenho uma amiga alema e eu fui visitar a Alemanha 2 anos atras num tour que fiz pela Europa.

Elisângela e Paula Luiz. disse...

Amiga ficou tudo muito lindo!!!
Você merece isso e muito mais...
Beijos

Lucia Cintra disse...

Adorei as fotos, tudo ficou tao lindinho! Pena que sua amiga velhinha nao foi, mas acho que a nora dela deveria ter somente explicado pra voce como sao as coisas e nao dado sermao. Achei meio grosso da parte dela num dia que voce nao precisava se chatear, sabe? Pois bem...

bjinhos mil! bjos

Dona Flor disse...

Liza eu sempre te acho muito linda nas fotos! Aqui, não foi diferente! =)
Quanto ao sermão, é típico do povo daqui, né? Uma hora a gente aprende a não ligar mais. Você não merece ser chateada no seu dia, ou em dia nenhum, né?
Você sabe fazer panetone? Que pessoa de mil talentos!! =) Pena que mora longe, ou eu ia pedir umas aulinhas! hahaha
Beijos

Sandra disse...

Parabéns atrasado, Liza! As fotos ficaram lindas. Vc como sempre, dando um banho de charme e de dons culinários, nao é? :) Nao fique chateada com a velhinha, ela nao soube "processar" seu convite, mas nao faz mal, pois o que importa, no final das contas, é sua intencao, e ela foi das melhores!!!
Beijos, beijos, beijos, hipi, hipi, hurra!
Sandra