7 de dezembro de 2009

Pontualidade alemã?

Muito se fala sobre a pontualidade alemã e geralmente funciona bem para horário dos ônibus, trens, funcionamento de lojas, orgaos públicos, supermercados. Mas quando se trata de dentistas e médicos, o jeito é ter uma paciência de Jó, esquecer o relógio e arrumar algo para ler. Hoje, depois de quase uma semana de dor de dente (o siso está crescendo deitado e empurrando os outros dentes) amanheci sem dores e fui encarar o primeiro dia do meu tratamento dentário. Sempre tive muito medo de dentista e parece milagre que tenha passado os últimos dias torcendo para que a segunda chegasse para começar as obturacoes que tenho para fazer, pois só depois disso faremos a cirurgia para a retirada do siso.

A cirurgia deve ocorrer nas próximas semanas, ou seja, provavelmente passarei uma das datas importantes do mês (meu aniversário, natal, aniversário do Miguel ou reveillon) a base de sorvete, sopa e iogurte. Mas voltando ao assunto da pontualidade alemã, cheguei ao consultório as 15 horas e só sai de lá às 17:10 horas, sendo que o dentista não gastou mais de 20 minutos mexendo na minha boca. Esperei uma hora na sala de espera, 50 minutos dentro do consultório e o restante do tempo fiquei sofrendo nas mãos dele(ok, nao sofri nada). Os consultórios, geralmente, tem várias salas de atendimento e os dentistas e médicos vão se revezando entre os pacientes. Não gosto muito disso, considero um pouco de falta de respeito com os clientes, mas estou muito satisfeita com o trabalho dele e só por isso é que espero sem reclamar.

Então com a minha visita ao dentista jogo por terra dois pré-conceitos sobre os alemães:
* pontualidade;
* dentistas alemães não são bons profissionais.

4 comentários:

Lucia Cintra disse...

Olha, quando medicos ou dentistas fazem isso comigo, eu mudo de profissional. Claro que podem atrasar por uma emergencia e tal, mas se eh algo comum pra eles e nunca sou atendida na hora, eu nao volto mais la. E tive sorte de apesar de passar por um desses, achar outros profissionais que nao so sao bons, mas respeitam o meu tao precioso tempo! bjos

Dona Flor disse...

Prometo comprar sorvete pra você! =)

Liza, esse negócio de ir em médico aqui realmente me tira do sério. É raríssimo eles atenderem no horário correto mesmo. Haja paciência e livros! Beijos e uma boa semana pra você.

Beth/Lilás disse...

Ai, Liza, mas aqui também é assim, nenhum médico atende no horário, são raríssimos os que têm essa consideração com o paciente.
Eu andava até com vontade de escrever um post sobre isso, ms fiquei com medo de ferir suscetibilidades e aí vou deixando, mas sou como a Lucinha, se repetir a dose, mudo logo.

bjs cariocas

lucia disse...

Bete, fique tranquila qto a cirurgia. A Thaís tirou os quatro de uma so vez, os da Flávia estavam como os seus "deitados" ela tirou dois de cada vez com espaço de uma semana e foi super tranquilo.
Qto aos atrasos não sei pra que se usa relógio aqui no Brasil as pessoas não respeitam horários mesmo.
Bjs