16 de dezembro de 2009

Mudanca de planos


Depois de tudo organizado tive que mudar a data do aniversário do Miguel. Surgiu a formatura de uma prima no Espírito Santo e percebi que o meu pai queria muito estar lá. Primeiro por que é uma vitória para ela, que perdeu os pais e um dos irmãos num acidente trágico quando ela tinha apenas 2 anos. Ela foi a única sobrevivente do acidente e por causa do trauma, a vida dela e a do irmão mais velho, que não estava no carro por que brigava demais com o outro irmão, nunca foi fácil. O segundo motivo é que a família do papai vai estar toda reunida nesse dia e imagino a felicidade dele por isso. Ele não me pediu, mas gostaria de dar esse presente para ele. Sempre penso que tudo que fazemos por nossos pais é válido e que nunca será suficiente perto de tudo que eles sempre fizeram e fazem pelos filhos. É uma maneira que encontrei de agradecer e de demonstrar o quanto amo meu paizinho que é responsável pela pessoa que sou hoje e de dizer que tudo que eu quero é que ele seja delirantemente feliz em todos os dias que Deus conceder a ele nesse mundo.

Acabei alterando a data para uma semana depois do que estava marcado, apesar de ter relutado um pouco por ser no fim de semana da formatura do meu cunhado. Espero não estar super acabada na festinha dele, pois pretendo aproveitar cada segundo da formatura, afinal já fazem mais de 3 anos que não sei o que é sair a noite para curtir, sem preocupacoes e sem filho (minha mãe será a babá do Miguelzinho). Essa semana estou por conta dos últimos detalhes da festinha dele, pelo menos daqueles que tenho que resolver antes de ir. Ainda estou cortando as forminhas e já estou com o convite pronto e com a lista de convidados também. Fico ansiosa para enviar, mas morro de medo de mandar cedo demais e as pessoas esquecerem. Quando chegar no Brasil terei bastante trabalho, mas não vejo a hora já que organizar festas é uma das coisas que mais me dá prazer, principalmente quando se trata da festinha do meu pequenininho que nem é tão pequeno assim. Ainda tenho algumas coisas para comprar por aqui, por exemplo nozes para fazer uns docinhos e que são absurdamente mais baratas que lá. Também pensei em levar marzipã, mas preciso tomar bastante cuidado por que tenho uma tendência a encher as malas demais e levar mais peso do que a companhia aérea permite.

Ah, finalmente consegui tirar uma foto do meu xuxuzinho fazendo linguinha. É engraçado, mas quando ele vê alguma coisa que gosta muito (desenho, balinhas, brinquedos) põe a linguinha para fora. Não é mesmo uma fofura?

3 comentários:

Lu disse...

Oi Liza
Vc fez muito bem em alterar os seus planos para que o seu pai possa participar na formatura tb. Acho que nessa altura das nossas vidas é que mais percebemos a importância dos nossos pais. Temos uma dupla responsabilidade: a de criar os nossos filhos, mas nunca esquecer das nossas raízes que são os nossos pais. Até que para sermos exemplo para os nossos filhos.
Adorei o comentário sobre a apresentação do Serginho. Depois de velho ele começou a gostar dessas coisas. Vê se tem cabimento. Mas realmente a emoção é dificil de segurar mesmo. Mãe é bicho bobo mesmo, independente da nacionalidade...
Não te liguei ainda porque estou um pouco corrida com a preparação da casa pois nesse fim de semana chegam os meus parentes. Mas não esqueci não. Vou tentar te ligar para batermos um papo assim que possível.
Bjs
Lu

Jane | Beijo de Pracinha disse...

Oi Liza,

eu uso Schmand no lugar de creme de leite. O Saure Sahne fica aguado demais, mas o Schmand funciona direitinho. ;-)

Beth/Lilás disse...

Liza,
Como é lindo o seu filho!
Só consegui ver agora que você fez esta foto de pertinho, parece um boneco, lindo!

Faz muito bem em agradar o paizão, ele mais do que merece!

bjs cariocas