18 de março de 2010

Um filho de dar inveja

Sempre vejo as mães reclamando de como é difícil convencer os seus filhos a comerem verduras e legumes e o pesadelo que se torna a hora das refeicoes por causa das preferências gastronômicas dos pequenos que geralmente passam bem longe de comidas saudáveis.

O Miguel nunca foi muito chatinho para comer, apesar de já termos atravessado fases em que ele só queria comer hamburguer e batata frita. Nessas fases tive bastante paciência e respeitei o tempo dele. Já ouvi muitas criticas pelo meu jeito relaxado de ser. Aqui em casa nada é proibido. Temos pizza, chocolate, iogurte, pão de queijo, suco, tudo o que o Miguel quiser desde que ele almoce e jante bem e sem exageros. E o resultado é que ele come a salada dele e ainda ataca o prato da mamãe e do papai. Tenho ou não tenho um filho especial?


14 comentários:

NeliFlor disse...

Ai é uma alegria mesmo ver nosso pequenos se alimentando bem aqui tb nao tem problemas ....aqui mudou um pouco o menu porque no KinderGripp o menu é vegetariano ..bju

Lu Souza Brito disse...

Ah, que bonitinho! Não tenho filhos, mas sempre ensinei meus sobrinhos que eles podem comer de tudo, contanto que seja com moderação. Ah...e os "matinhos" também. (è a forma como se referem a salada).

Mi disse...

é uma benção mesmo! =) Acho tao bonito ver aqui na alemanha as criancinhas na rua comendo cenoura, tomate, salsicha! haha Imagina se existe isso no Brasil? bjs!

Paula disse...

que legal! é isso que dá ser o exemplo pro filho!

Dona Flor disse...

Ele é muito fofo mesmo. Fiquei lembrando que ele atacou nossos tomates pra salada, lembra? hahaha

Beijos

arlete soffiatti disse...

Eu não tenho problemas pra Lara comer desde que seja o que ela goste. É sempre variação sobre o mesmo tema. Agora, o problema está em se vestir. To ficando louca. Como voce tem menino, que não liga pra essas coisas, tá livre de passar pelo que estou passando. Fico imaginando quando chegar na adolescencia. To frita. hahaha

Flavia disse...

Benza Deus (3 x).
E olha que o prato estava caprichado, hein?
(mas a verdade é que tinha uma cara de gostoso... hummmm).

beijo

Bia Mendonça disse...

Oi Liza!

Fofo o seu filhinho.. tão novinho, mas já sabe o que é bom para ele crescer forte! haha! Ao contrário de mim, que nunca gostei de sala e nem de nada verde! Eu sei... sou péssima influência para as crianças! hahaha!

Quando a história do certificado do Goethe, eu não tenho idéia, se ela só precisa ter o certificado e/ou as aulas também. Como é universidade, os critérios devem ser super exigentes. Morri de pena dela, pq vi o quando essa mudança de planos, deixou ela perdida. =/

E olha, para mim esse B2 não está sendo nada fácil. Apesar de pouco gramática, ainda assim a gramática é mais complicada do que nos outros semestres. É sempre algo que a gente já vi antes, mas sempre complicado e de um jeito bem mais difícil! :P

Boa sorte para vc estudando em casa, talvez seja melhor assim se vc já está num nível adiantado.. aulas em grupo só atrapalham!

bjs

Lucia Cintra disse...

Vc eh sortuda mesmo, pois ja ouvi que a maioria das criancas nao comem. Eu era terrivel, coitada da minha mae, ela quase morria pra me fazer comer. Meu pai brinca que eu era mt economica, rs. Sou enjoada ate hoje, rs. Bjos

Camila disse...

Fofíssima a carinha dele, especialmente depois de ter raspado o prato! E como esse menino tá grande, um rapazinho!

Janete disse...

Meu sobrinho é fofinho demais! Também sou uma tia muito coruja (rs). Ele está cada dia mais lindo.

Mary disse...

Esse garoto, hein! Saúde de ferro.Ops, esse comenta´rio tá me lembrando propagando de Taff man E: não sei se é da sua época.

Beth/Lilás disse...

Bacana ver seu fofinho comendo bem assim!
E parabéns a você por ter ensinado isso a ele.
bjs cariocas

Dani dutch disse...

Liza, tem sim viu!!!
Eu quando era pequena, e minha mãe fazia feijão cozido, assim que ela terminava lá ia eu atacar a panela e comida pratos e mais pratos de feijão puro. Que delicia
bjusss