5 de novembro de 2009

Os talentos do Miguelzinho

Para o almoço de hoje o nosso chefe de cozinha está preparando bolinhas de plástico fritas...


Por que as batatinhas não são legumes, pelo menos não aqui em casa. Elas são obstáculos da pista de corrida dos carrinhos do Miguel...


E depois de cozinhar e enfrentar tantos obstáculos com a sua ferrari vermelha nada melhor que relaxar um pouquinho no computador...



6 comentários:

Lucia Cintra disse...

Adorei, principalmente as fotos das batatas!!!! Me fez rir. E agora que notei... como ele esta crescendo rapido! Me lembro de vir aqui pela primeira vez e ele ser um bebezinho!!! bjos

Lúcia Soares disse...

Miguelzinho é um amor de criança. Bom que a imaginação deles é frenética e tudo serve de brinquedo.Essa idade dele já é mais criativa. Letícia está ainda muito novinha, quase não se distrai com brinquedo algum e só quer ficar "colada" na gente. Ô fase!!! Rsrsrsr
Mas seu menino está lindo demais! Bj

Lu disse...

Oi Liza
Esse meu genro é uma figura mesmo. As batatas são grandes pedras no caminho do carrinho. Tem que ser muito bom motorista para poder dirigir nesse terreno indomável, rs!
Obrigada pelo comentário no blog. Então vc não tem vergonha do potinho? Pois eu morro, sempre odiei exame de laboratório por causa disso. Pior que de xixi, só o de cocô mesmo, hehe.
Ainda não testei a sua dica sobre as fotos porque meu notebook queimou e estou usando o do Serginho. Isso significa que tenho horas contadas para usar porque logo começa a briga. Talvez na semana que vem a gente compre um note novo e eu volte a ter a minha liberdade internautica novamente.
Bjs... e tudo de bom!
Luciana

arlete soffiatti disse...

Ao vencedor as batatas e tudo o mais que tiver direito. O que vale é se divertir!!!
Beijos pro fofo e pros pais do fofo.

Paloma disse...

Essa das batatas é genial. Isso prova que eles não precisam de muito. A imaginação vai longe...bjo
Paloma e Isa

Beth/Lilás disse...

Ahhhh, também adorei ver estes talentos do Miguelzinho!
Lembrou-me meu filho nesta idade o quanto gostava de carrinhos e vivia inventando pistas na casa.
Muito fofo este gurizinho de chupetas!
bjs cariocas