26 de novembro de 2009

Ginecologista

Hoje acordei com a maior dor de barriga do mundo. Motivo: Tenho consulta com o ginecologista. Pior que isso só se eu pensar que tenho horário com o dentista na segunda, então melhor me concentrar no terror diário e deixar para sofrer pelo "assassino" (outro nome dado aos dentistas) a partir de amanha. Não tem jeito, odeio ir a ginecologista, principalmente se ele é homem, se ele é alemão e se só fala alemão ou inglês. As consultas já foram piores, na época que eu não falava nada de alemão e o Bebeto tinha que entrar comigo e acompanhar o exame. Tenho um ginecologista que fala português, mas ele atende numa cidade a quase 1 hora daqui, então optei por ficar com esse mesmo, já que a maioria das vezes só preciso dele para pegar a receita do anticoncepcional. Dessa vez a secretária foi bem dura e disse que me daria a receita, mas que eu tinha que marcar a consulta para fazer o exame preventivo. Eu disse que não queria e ela marcou assim mesmo. Atrevida, né? hahahahahaha

Já pensei em ligar e desmarcar (ok, sou medrosa mesmo!), mas to numa fase de encarar meus monstros, vencer alguns medos idiotas como "que vergonha de ficar sem roupa na frente do médico", "e se eu não conseguir falar alemão na hora". O Bebeto vai comigo para olhar o Miguel e como garantia que se o meu alemão não sair entendivel, tenho ele para me salvar. Sempre que ia na minha ginecologista no Brasil, ela tinha que medir minha pressão umas 3 vezes para certificar, já que ela ia nas alturas por causa da tensão e olha que ela era mulher, hein. Sei lá, me sinto bem desconfortável, principalmente por que para eles é tudo tão natural. Ficar pelado na frente do outro não é nenhum incomodo, pelo menos essa é a impressão que sempre tenho dos alemães. Mudando totalmente de assunto, um dia desses fui experimentar uma roupa numa loja e a mulher ficou para me ajudar e como não tirei a parte de baixo, pois estava morrendo de vergonha, ela disse que era melhor tirar tudo. Eu disse que no Brasil não é normal a vendedora entrar no provador com a cliente. Ela riu e continuou lá como uma estaca. Vai entender! Será que todo mundo é assim ou fui eu quem passou 10 vezes na fila da vergonha?

15 comentários:

beijodepracinha disse...

Voce achou esse como? Ginecologista é algo que eu sempre procurei por indicacao. Achei uma aqui em Berlim, mulher, por indicacao de uma amiga e nao largo mais! É otima, simpática, calma, traquila, educada... Tudo que alemao tem fama de nao ser! Mas eu tb sou bem tranquila com idas a medicos de maneira geral.

No mais, espero que voce fique bem e enfrente os seus receios bem. 

Beijinhos!

Camila disse...

Menina, eu tb acho uó ter que ir a ginecologista. Meu sonho de consumo (e da minha mae tb) é que se invente uma máquina que consiga ver absolutamente tudo, em 3 D, sem que a gente tenha que se despir ou deitar em posicoes incômodas. E que a gente nao tenha que ser tocada tb.
Boa sorte com o exame!!! (E eu tb nao me sinto à vontade pelada na frente de outras pessoas. Que esquisita essa vendedora!)

Lucia Cintra disse...

Bom, primeiro eu acho importantissimo voce fazer esses exames. Deixa a vergonha de lado, pois sao medicos profissionais e foca na sua saude, viu? Mas tb acho importante achar um gineco com quem voce se sinta a vontade. Eu tive sorte de achar o meu ha uns 15 anos atras e ainda continuo indo nele.

E que negocio eh esse dessa mulher entrar ali dentro contigo? Se depois de voce ter comentado aquilo ela continuasse ali como ficou, eu sou meio cara de pau, sabe, ia pedir pra ela sair e esperaria ela fazer isso pra eu continuar experimentando as roupas. Que coisa! rs

bjos

Dona Flor disse...

Ai, detesto o fato de não ter aquele avental ou mesmo o tecido que nos "separa" do médico durante o exame. A gente tem que ficar andando peladona na sala e ainda olhar a cara do médico enfiada no meio das nossas pernas... ninguém merece!
Marido vai comigo nos exames, pra me ajudar com o idioma também, mas ele fica de costas para o médico, porque eu falei que morro de vergonha. =)

Lu disse...

Oi Liza
Não se martirize, eu sou exatamente assim. Primeiro odeio ginecologista independente do sexo, mas gineco homem é o fim. Tanto que procurei rápido uma gineco mulher aqui em Viena porque acho horrivel ficar naquelas posições incomodas na frente de homem. Essa semana qdo fiz o exame de Streptococcus era para ser a minha medica que faria no hospital, mas naquela hora ela estava em cirurgia e foi o medico de plantao que fez o exame, um homem. Coisa mais terrivel do mundo. Cada pessoa tem um pensamento e reações diferentes. Conheço várias amigas que só confiam em gineco homem, mas para mim não dá. Agora fala sério, custava essa secretária mané te dar a receita do anticoncepcional? Esse sistema de saude europeu é bom, mas as vezes enche o saco né?
Obrigada pelos comentários no blog, principalmente a respeito do Serginho. Daqui pra frente ele vai ter que se virar mais sozinho, espero que esteja preparado.
Um beijo.
Lu

Eve disse...

Mais uma tentativa de deixar um comentário aqui:

eu tb tenho pavor a ginecologista, ficar pelada na frente de estranhos... e se é assim como a D. Flor falou, morri!

o que mais me aguarda por ai, hein? rsrs

bjs

NeliFlor disse...

Oooo mulher eu nao vou a Ginecologista homem nem paga ....a vegonha nao deixa ...bju

Flavia disse...

acho que vou fingir que não li esse post, só pra não me lembrar que a ultima vez que eu fui no ginicologista foi na revisão do parto....
(ai que preguiça....)

como anda o frio por aí?

beijos querida

Lau Confessions disse...

CONCORDO COM A CAMILA...O TROÇO CHATO...MAS É UM MAL NECESSÁRIO..E GRÁVIDA ENTÃO....O CORPO NÃO PERTENCE MAIS....
|pASSEI PRA DIZER QUE ADORO SEU BLOG
SE QUISER ME SEGUIR NO TWITTER...@LaudianeLira
Me visita qualquer hora.
Lindo final de semana.
Beijosssssssssss

Liza Souza disse...

Fla,
por pior que seja nao deixa de dar uma olhada em como vao as coisas, afinal já fazem 2 anos desde o parto, né? rs
Por aqui o frio nao chegou com forca total. Até agora a neve nao deu as caras, gracas a Deus, mas tudo indica que semana que vem o bicho comeca a pegar por aqui... Ainda bem que logo estarei enfrentando um calor infernal la no Brasil. hahahaha
Beijos

Beth/Lilás disse...

Liza,
Realmente ninguém gosta de visitas a ginecologistas, tanto faz homens como mulheres, sempre uma situação chata mesmo.

Mas, o lance da mulher na cabine foi meio esquisito, faria como a Lucinha e pediria licença a ela e me fecharia, que coisa! Será que era uma sapata alemã! kkkk

bjs

Olga disse...

OI,um Bom Ano Novo para todas! achei esse blog por acaso, pois me mudei para Berlim e estou grávida. Por favor, será que alguma de voces me poderá indicar uma boa ginecologista em Berlim? Muito obrigada!!

Liza Souza disse...

Oi, Olga! Feliz ano novo pra você também! Primeiro, me perdoe a demora em responder. Olha, a Evelyne mora em Berlim e acho que ela pode te ajudar. O email dela é rindonalemanha@gmail.com. Se você tiver facebook, tem um grupo de brasileiras na alemanha, onde tem muitas meninas de Berlin, lá tbm vc vai encotrar ajuda e dicas, certamente. Que Deus abencoe a sua gravidez e que seu bebê venha cheio de saúde!
Beijos
Liza

celia macedo disse...

Ola meninas,

Sou nova por aqui, e adorei seu bloge, parabens! Cheguei 3 semanas em Berlim e estou atras de uma ginecologista que saiba falar portugues! Voce disse que teve uma em Berlim, por indicacao de uma amiga e que adorou. Será que me pode dar contacto dela por favor?
Obrigada.
Beijinhos

Liza Souza disse...

Oi, Célia! A Jane já nao tem blog, vou tentar perguntar pra ela o nome da médica que ela falou e te digo. A Evelyne mora em Berlim e acho que ela tbm pode te ajudar. O email dela é rindonalemanha@gmail.com. No facebook tem um grupo de brasileiras na alemanha, onde tem muitas meninas de Berlin, lá tbm vc vai encotrar ajuda e dicas sobre médicos e outras coisas.
Beijos e obrigada pela visita!