9 de novembro de 2009

Eu e a TPM

Um amigo me disse uma vez que as mulheres são sequestradas por hormônios durante a TPM e tenho que concordar com ele. Nessa época sinto como se tivesse sido abduzida do meu corpo para dar lugar a uma outra pessoa. Exagerada? Meu humor fica quase negro, fico chata, tenho dores de cabeça, dores nas costas, barriga e pernas, não tenho vontade de conversar com ninguém e sinto um vontade enorme de comer todo o chocolate que eu puder encontrar na minha frente. A sorte é que nunca tenho chocolate em casa, então depois de passada a fase negra, minha consciência não fica pesada.

Para combinar com meu mal humor o dia foi cinza, frio, sem graça e a chuva só parou para dar lugar a neve. A temperatura não passou de 2 graus, o dia escureceu antes das 5 da tarde e eu que precisava ir ao médico pegar uma receita para comprar meu remédio, não tive ânimo nem coragem de enfrentar o gelo lá de fora, apesar de estar frio aqui dentro também. Miguelzinho também quis colaborar, acordou as 2 da manha e só dormiu de novo depois das 5 e nesse intervalo chorou, riu, brincou e esperneou a mamãe.

Hoje é um dia de comemoração aqui na Alemanha, estamos comemorando 20 anos da queda do muro de Berlim. Queria muito escrever sobre isso, mas hoje a TPM não vai deixar. Volto a falar disso quando a fase negra passar e espero que ela não dure muito por que tenho muitas coisas para resolver essa semana.

9 comentários:

Eve disse...

No meu caso, qdo estou com a dita cuja, aviso logo que estou de TPM e não levarem a sério nenhuma atitude minha. Já me desculpo com antecedência.
Mas, um chocolate de vez em quando ajuda a diminuir a tensão. =P

Criei coragem e fiz um blog pessoal. Qualquer dia, passa lá pra conhecer.

mineirinhanalemanha disse...

Todas nós passamos por dias assim. O bom é que sabemos de cadeira do que se trata. Pena que os homens nos entendem menos ainda nesses dias, mas, felizmente, tudo passa e isso também passará!
Um beijo,
Sandra

Beth/Lilás disse...

Eita Liza, não reclama, pois quando vc se livrar dela, chegará a menopausa que também é um saco!
Mulher sofre!
kkkkkkk
Melhoras aê!
bjs cariocas

Lu disse...

Oi Liza
As vezes, não é fácil ser mulher. Antes de ficar grávida minha TPM se baseava na experiencia de ficar depressiva. Não tinha dor de cabeça e no corpo como vc descreveu, mas me sentia como se estivesse no fundo do poço. Daí a minha gineco do Brasil me receitou o anticoncepcional Yasmin e mais tarde mudou para o Yaz que são especializados para quem tem TPM. Eles são uma maravilha pois além de nos livrar da TPM, tem um efeito miraculoso na pele. Parece que vc está fazendo algum tratamento de beleza para o rosto. Pena que ambos (apesar da baixa dose de hormonios) me davam dor de cabeça o mês inteiro. Então eu tomava um mês sim e outro não. O resultado nasce em janeiro, haha.
Qdo tiver consulta com o gineco comente sobre esses dois anticoncepcionais. Pelo que sei são os melhores para mulheres com TPM.
Bjs
Lu

Mi disse...

pelo menos desse problema eu nao sofro. A unica coisa que sinto é uma fome de leao...o resto fica igual. Ou sera que sou rabugenta e mau-humorada o tempo todo, e por isso nao percebo uma mudanca?? hehe bjs!

Paula disse...

menina... eu também ataco o chocolate só que eu tenho sempre em casa. Primeiro meu marido é chocólotra dos mais viciados que existem e segundo que eu de tpm e SEM chocolate... menina mato o primeiro que ver pela frente.

Você já pensou em tomar algum composto natural para amenizar os sintomas?

Sandra Santos disse...

Sorteio de 10 livros da "Mineirinha n'Alemanha" até 15.12.2009: http://mineirinhanalemanha.wordpress.com/2009/11/11/concurso-o-natal-esta-chegando/
Participem!!!

Lúcia Soares disse...

Oi, Liza...Como demoro a comentar, espero que já tenha passado a TPM. Todo mundo faz risinho de incredulidade quando conto que não tinha TPM. Não tinha mesmo...Acho que meu caso é igual ao da "colega" ai de cima...Vai ver que eu era tão chata o tempo todo que nem notavam uns dias a mais ou a menos...rsrsrrs
Liza, larguei de lado o título "um amor de pessoa" e criei o "De amor e de...". Depois(talvez) conte o "babado". Acesse: http://luciahsoares.blogspot.com
Bj

Lucia Cintra disse...

Cara, eu juro que nao tenho isso!!! Quase todo mundo que conheco reclama dessa tal coisa, mas eu nunca passei por isso, ja ate observei por varios meses pra ver se nao estava prestando atencao, mas nao acontece mesmo comigo!

Espero que esteja melhor. bjos