5 de março de 2009

Príncipe ou sapo? Pavão ou frango?


Estava conversando com uma amiga e ela me disse que tem certeza que um dia vai encontrar um príncipe encantado. Tive que ser honesta com ela: príncipes encantados não existem e nem adianta sair beijando sapo por ai achando que vão se transformar em príncipes por que sapos continuam sapos a vida toda. Será que to sendo pessimista demais?

Relacionamento eh uma coisa bem complicada e acho que o maior problema eh a expectativa que sempre criamos em relação ao outro. Esperamos demais, prometemos coisas que não podemos cumprir, nos acostumamos com as flores do inicio e criamos promessas de que tudo será sempre desse jeito. Ai vem a vida a dois e mostra o quanto a realidade eh diferente. Não eh que relacionamento seja ruim, pelo contrário, a melhor coisa do mundo eh encontrar alguém especial e dividir sua vida com essa pessoa.

A algum tempo atrás li em um livro que quando nos apaixonamos vemos a pessoa como um pavão, cheia de penas coloridas. Com o passar do tempo a pessoa vai nos mostrando o que realmente eh e vemos que ela não passa de um franguinho magro, sem penas coloridas. E então decidimos se vamos continuar procurando um pavão ou se aprendemos a amar aquele franguinho magro. E de quem eh a culpa? Do frango ou da pessoa que enxergou um pavão?

Tá certo que criar expectativas eh da natureza humana, então o melhor eh aprendermos a conviver com isso. Saber que ninguém nasceu para superar as expectativas de ninguém, que não somos perfeitos e que os outros também não são, que todas as pessoas são feitas de sentimentos, medos, dúvidas e que todos merecem muito respeito e compreensão por que nem sempre poderão nos dar aquilo que queremos. Devemos nos colocar sempre no lugar do outro, enxergar a outra pessoa como gostaríamos que ela nos enxergasse. Ser tolerantes, pacientes, generosos, amáveis. Fácil? Não, mas acredito que com amor as pessoas podem transpor as dificuldades do dia a dia.

Encontrei um email que mandei a alguns meses para uma amiga que ia se casar e que tem tudo a ver com isso que to escrevendo então decidi colocar uma parte aqui:
Amiga, o que posso te dizer na minha LONGA experiência de casada. (hehehehehehehehe) NÃO EH FÁCIL VIVER JUNTO, MAS VALE CADA SEGUNDO... Duas pessoas diferentes dividindo a mesma casa, a mesma cama, o mesmo banheiro, as mesmas contas... um querendo dançar, outro dormir, um querendo viajar para o sul outro para o norte... por mais afinidades que os dois tenham, viver junto eh difícil demais. Eh preciso ter paciência, quando não da pra ter paciência. Eh preciso pedir desculpas quando o outro esta errado. Eh preciso reconhecer os nossos erros, eh preciso aceitar diferenças que no namoro a gente nem sabia que existia. E por mais que a gente conheça a pessoa por inteiro, a verdade sempre eh que só conhecemos mesmo depois de morar junto. Eh preciso vencer a vontade de ir embora quando tudo ta ruim porque agora eh uma vida juntos, não são mais duas pessoas separadas, são os dois juntos, uma nova família, um novo lar, são um só. E preciso quebrar a rotina, fazer o outro se apaixonar de novo a cada dia, eh preciso surpreender. Casamento não eh fácil e muitas pessoas vão dizer que se arrependem, q casamento eh ruim... eu digo q casamento eh muito bom, não me arrependo nem por um segundo por mais difícil q as vezes seja. Palavras básicas para um casamento de sucesso: amor, respeito, lealdade, companheirismo, amizade, dialogo sempre, e sexo (muito sexo, claro!).

2 comentários:

Lucia Cintra disse...

Bom, eu nao sou perfeita nem o Al eh perfeito. A gente esta juntos ha muito tempo e nesse tempo, crescemos e aprendemos muito juntos.

Amadurecemos, mas nao mudamos nosso jeito de ser. Acho que por isso foi importante a gente ter tido uma amizade grande antes de comecar a namorar e namorar durante mt tempo antes de nos casarmos.

Tinhamos certeza de que seriamos certo um pro outro, mas demos bastante tempo pra nos conhecer bem.

Qualquer relacionamento eh um compromisso que fazemos e concordo com vc que deve sempre haver mt respeito, amizade, amor, carinho e sexo pra seguirmos juntos.

Como disse, eu tenho os meus defeitos e ele os dele, nao somos completamente iguais, temos caracteristicas diferentes e tb nossa individualidade, mas sabemos conversar e lidar com certas situacoes juntos que vem pelo caminho.

E posso dizer que nem lembro qdo foi a ultima vez que tivemos uma briga, depois desse tempo todo juntos, continuamos crescendo, mas crescendo sempre juntos.

Bjos

Aninha disse...

Conheço esse email...
Saiba que valeu e vale cada palavra.
Já estou no 7º mês de casada e posso dizer "da minha longa experiência" que vale cada minuto, cada segundo ao lado da pessoa que amamos e que escolhemos compartilhar a vida.