8 de junho de 2010

A bactéria monstro

Passando para dizer que está tudo bem, ou melhor que agora está tudo bem. Os últimos dias não foram muito fáceis. Lembram daquela dor de garganta do marido? Pois é, a danada da bactéria começou a sentir os efeitos dos remédios no organismo dele e tratou logo de pular para o organismo mais fraco que estivesse por perto. Resultado: três dias de cama sem conseguir me manter em pé por mais de 5 minutos, sem conseguir comer nada e pedindo a Deus que o antibiótico começasse a fazer efeito logo. Ainda sinto muitas dores na garganta, no ouvido esquerdo e na cabeça. Pelo menos as dores no corpo, febre e a sensação de que o mundo ia acabar já passaram.

A previsão é que amanha eu já consiga levar a vida no ritmo normal: arrumar casa, cozinhar, lavar, passar, não dormir durante o dia. A única coisa que estou evitando ao máximo é ter muito contato com o Miguel, beijá-lo então nem pensar. Mas, como a médica mesmo disse é muito provável que ele seja a próxima vitima, então tenho que correr na frente e tentar impedir que a "bactéria monstro" complete o seu ciclo de terrorismo aqui em casa. E isso significa ficar uns dias sem apertar meu gatinho e colocá-lo no meu colinho. Tarefa difícil, missão para uma super mãe e sua arma poderosa: o amor incondicional.

Fonte: Google imagens (loxosceles.org/crafty/bacterium.html)

7 comentários:

Paloma disse...

flor, que bom que você melhorou. e pense que é passageiro. logo, logo, você poderá abraçá-lo e beijá-lo um montão. bjos
Paloma e Isa

Ma disse...

Tem horas que parece que a urucubaca tá solta, não é? Melhoras!

Eve disse...

Meniiina, força ai, viu?

nao tem como dar o remédio logo pro Miguel, nao?

bjs

Beth/Lilás disse...

Oh, maigódi, que coisa chata esta bactéria monstrenga!
Força, garotinha, não se entregue!
Uma boa sopinha de inhame seria um bom negócio. Dizem que o inhame é muito depurativo e resolve muitas coisas.
Melhoras!
bjs cariocas

Mi disse...

ai, aqui eu sempre pego a bacteria monstro e o Enrico pega a versao light da coisa. =) Melhoras pra vcs. bjs!

Lúcia Soares disse...

Liza, nossa! Não está sendo fácil, heim? Mas vai passar e Miguelzinho não vai ter nada disso, pode crer!
Contágio é coisa natural dentro de uma casa, no emprego, ne escola, mas não necessariamente todos têm que "pegar" o monstro.
Como hoje já é o segundo dia da sua previsão de melhora, tomara que esteja tudo bem.
Ando relapsa, não consigo mais visitar todos os blogs querido num dia só.
Estou torcendo pra que esteja bem de novo.
Beijos!

Lucia Cintra disse...

Ai que chato isso! Mas ja passou, ne? bjos