11 de maio de 2010

Coração aos saltos

Há duas semanas ele caiu da cadeira e fez um estrago no nariz...
No sábado ele caiu da minha cama e bateu a cabeça na quina da cama dele...
Hoje ele bateu o olho na quina da mesa e está com o olho inchado...

É assim que meu coração vive e creio sempre viverá: aos saltos. Agora os tombos constantes da infância, resultado da sua necessidade de descobrir o novo mundo. Daqui a pouco a rebeldia da adolescencia para provar a tão desejada independência. E depois as dificuldades da vida adulta, que ele terá que enfrentar sozinho, mas que sempre será motivo para meu coração viver acelerado. E sabendo de tudo o que me espera, não há outro caminho por onde eu queira caminhar... Existe explicação melhor para a palavra mãe?

9 comentários:

Ma disse...

Eu já carrego um vidrinho de arnica em glóbulos na bolsa... Ontem a minha resolveu que quer aprender a andar de bicicleta sem rodinhas. Comprei um kit de joelheiras e cotoveleiras pra fase de teste, mas o que eu queria mesmo era uma dazquelas máscaras de jogo de hóckey. Bj

Lu disse...

Minha querida
eles são assim mesmo. Já tomei cada susto com o Serginho que nem te conto. Só para vc ter uma idéia ele já levou 7 pontos na cabeça. Espero que a Mariana seja tranquilinha e não se machuque muito.
Bjs
Lu

Paloma disse...

não, Liz, não existe mesmo. bjo
Paloma e Isa

Lucia Cintra disse...

Tadinho, Liza!!! Imagino como deve ser essa preocupacao toda, mas faz parte da vida de mae, ne? bjinhos

Paula disse...

kkkkkk me lembrei agora que só lá com uns 12 anos que eu consegui ter joelhos e dedos (da mao e pé) inteiros... sempre faltava um bico ou estavam todos arranhados...

lucia disse...

Bete, está aí uma coisa que eu esqueci de te falar sobre crianças:
"Tem a idade das quinas"
Repare pra vc ver como ele está na altura de todas elas, mas tenha certeza que coração de mãe aguenta.
Bjs.

Eve disse...

Falando assim, assusta! rsrs Brincadeira!

MAs, sejamos francas, ser mãe é padecer no paraíso. De bom, vc ganha um coração mais forte e cheio de amor.

bjssss

Lúcia Soares disse...

Oi, Liza. É uma fase de sobressaltos, mesmo.
Que, como você intui, não vai passar...rrsrsrr A cada época, um tipo de acontecimento e nossos corações estão sempre em compasso "disrritmado". Mas tem tanta coisa boa junto!
Miguelzinho está na fase da inquietação, das descobertas, e ele mesmo tem que aprender a ter cuidado, senão é um machucado todo dia. Como o tempo ele vai aprendendo a ter "medo" (não uso esta palavra com criança, de jeito nenhum!)e vai saber se cuidar melhor.
Espero que ele esteja bem, apesar dos machucadinhos.
Bj

Janete disse...

Cuidado com meu sobrinho. Que medo dele machucar .rs