19 de dezembro de 2008

Enxaqueca

Quando vocês sentem dor, esperam um tempo para ver se a dor diminui ou já tomam logo um analgésico? Tem pessoas que odeiam tomar remédio, acham desnecessário, dizem que analgésicos só curam os sintomas mas não a causa da dor. Eu sou adepta a não sentir dor desnecessária. Então se minha cabeça começa a doer, como hoje, corro para o meu paracetamol (tenho trauma de aspirina, e aqui na Alemanha a solução para todos os males eh aspirina). Mas, hoje nem o remédio tá fazendo efeito. To com uma enxaqueca horrível que não passa. Eh só ficar um pouco ansiosa que a danada da enxaqueca vem me visitar. E vai pelo dia, e vira noite, e não tem data para acabar.

Sinto uma dor pulsátil e incessante na cabeça, o estômago fica ruim, sem falar na aversão a claridade, barulho e cheiros fortes. Já percebi que o estresse está no topo da lista dos fatores que ajudam a desencadear minha enxaqueca. E por mais que eu tente, não consigo controlar e me manter calma a apenas dez dias da nossa viagem. Tantas coisas para comprar, malas para fazer, sem falar nos preparativos para o aniversário do Miguel. Bom, quando eu criar coragem de sair debaixo de chuva, vou à farmacia tentar encontrar algo que me ajude a amenizar essa dor horrível. Mas o que eu queria mesmo agora era um colinho de mãe!

2 comentários:

Lucia Cintra Stevenson disse...

Eu quase nunca tomo remedio, pois quase nunca fico doente ou com dor de cabeca. Mas qdo tenho, como ultimamente, eu tomo sim, na hora, pois nao qero ficar curtindo dor nenhuma. E uma so aspirina basta.

Agora quer saber da maior? Tenho andado tao estressada ultimamente devido ao trabalho que odeio, que tenho tido dores de cabeca todo santo dia e tenho que tomar umas 5 ou 6 aspirinas durante o dia e mesmo assim nao passa!

Eh horrivel mesmo e espero que melhore logo. Bjos

neli disse...

OOO Liza ninguém merece essa dor....
sempre de uma aferida na pressão.
eu tomo IBU quando a dor não passa