8 de outubro de 2008

Que saudade...


Já tem uns dias que não passo por aqui, mas as coisas aqui em casa estão uma loucura. Queria muito conseguir postar todos os dias pq tenho tanta coisa pra contar. Tava conversando com o Bebeto um dia desses e ele me disse que talvez eu esteja aproveitando mal o meu tempo. Bom, talvez eu esteja mesmo mas, sinceramente, ando num ritmo tão lento, que gasto uma hora pra fazer o que eu sempre fiz em 15 minutos e não consigo mudar isso. As duas horas livres que tenho pela manha são suficientes apenas para tirar a mesa do café da manha, lavar as loucas e fazer o almoço. Isso quando o Miguelzinho dorme as duas horas, ne? Por que as vezes ele simplesmente decide que quer dormir apenas 40 minutos e acorda nervoso querendo colo o resto da manha. A tarde, ele dorme mais uma hora. Tempo contado para eu tomar um banho e correr aqui para contar as novidades pq quando ele acorda eh a hora de assistir desenho no computador e também hora do nosso passeio enquanto o inverno não chega. Não sei como algumas mães conseguem fazer mais coisas, talvez pq eu faca questão de dedicar bastante tempo ao Miguelzinho: rolar na cama, dançar, brincar junto.

Na ultima sexta tivemos um feriado aqui, o ultimo do ano antes do Natal e programamos uma super viagem para Áustria. Claro que a viagem não aconteceu. Infelizmente tivemos que abrir mão por causa das dificuldades que enfrentariamos viajando com um bebe: viagem muito longa, chuva e temperaturas muito baixas. Até pensamos em ir pra Franca ou Suica que estam mais perto, mas também tinha previsão de muita chuva. Acabamos ficando em casa, curtindo a chuva, vendo filmes e seriados.


Tivemos que ir ao medico na segunda, pq o Miguelzinho está novamente com Cândida. Odeio cândida! Mas eh só ficar muito cansada que a bendita aparece em mim e pelo leite vai para o organismo do Miguel. E dormindo pouco como tenho dormido não tem como a cândida não ser minha companheira do dia a dia. Aproveitamos a ida ao medico e falamos que o Miguel acorda no mínimo 5 vezes toda noite e ele receitou um xarope pra ele dormir melhor. Fiquei muito resistente e triste. Me senti mal em dar remédio para um bebe dormir. Depois de conversar muito com o Bebeto resolvi dar o xarope e o resultado foi: NENHUM! A pessoa simplesmente não dorme nem com remédio. Acho que no nosso caso nem dardo tranquilizante ia amansar nosso leão. Esses dias tem sido piores e minha esperança eh que sejam os dentes superiores chegando. Se não for, realmente não sei o que fazer. Meu corpo já tá dando sinais que não aguenta mais, meu cérebro como já disse trabalha no ritmo de uma tartaruga. Bem que todo mundo diz que temos que valorizar muito as nossas mães. hehehehehehehe


Por falar em mãe, to com uma saudade enorme dos meus pais e dos meus irmãos. Falei com o papai essa semana e ele estava tão bem, tão feliz. Sinto falta de estar perto, poder abraca-los... Conviver com essa saudade eh que me desanima. Estamos programando nossa viagem para o Brasil que deve ser em janeiro ou em marco. Como eu queria ir amanha mesmo! To contando os segundos e enquanto isso vou vivendo de saudade e pedindo a Deus que todos estejam bem e felizes.


Mamãe e Papai, amo muito vocês dois! Agradeço por terem me transformado na pessoa que sou, por fazerem de mim uma pessoa de sentimentos bons e caráter, pq o que vocês me deram eh o que de melhor posso deixar para o meu filho. Saudade infinita...

3 comentários:

Anônimo disse...

Ei,Bete.
Não fico com pena de vc pela correria, aproveite ao máximo pois ela passa e passa rápido.Ser mãe, dona de casa, esposa e amiga não é fácil mesmo mas tenho certeza que vc dá conta(so as mulheres fazem tanta coisa juntas e bem feitas).Vou dar um palpite de mãe,experimente não deixar o Miguelzinho dormir de dia.No início ele poderá ficar um pouco nervoso mas uns 3 dias ele acostumará e passará a dormir a noite.
Estou achando o máximo ter noticias suas.Abraços,Lucia.

Anônimo disse...

http://poeticpirate.blogspot.com/ is Jack Morgan http://blog.trainwreckunion.com/

Lucia Cintra Stevenson disse...

Tb nao sei como tem mulheres que conseguem conciliar trabalho com ser mae, deve ser dificil. Meu dia a dia mesmo ja e' tao corrido que realmente nao sei como teria tempo pra cuidar de crianca. Mas que sao fofas, sao.

Eu tenho sorte de ter minha familia morando aqui pertinho de mim, mas morro de saudades da minha mae (que faleceu quase 3 anos atras).

Espero que vc possa ir logo pro Brasil e aproveitar a compania de seus pais o maximo possivel. Bjos