29 de julho de 2011

O verão alemão

A maioria dos brasileiros que mora por aqui reclama do verão alemão. Alguns até brincam que em alguns anos de muita sorte, o verão cai num fim de semana. A verdade é que para quem cresceu num pais quente como o Brasil, se acostumar com temperaturas menores que 20° graus e dizer que isso é verão, pode ser mesmo complicado. O que me desagrada muito é a quantidade de chuva que cai nessa época do ano, deixando a sensação térmica ainda menor e me prendendo aqui dentro do apartamento. Então, verão por aqui exige que você tenha sempre em mãos um guarda-chuva e um pullover.

Tem dias que dá até para ter a sensação que vai se derreter de calor, mas isso é bem mais próximo do "quase nunca" do que do "frequentemente". Eu, amante incondicional do calor, já reclamei muito do clima daqui, mas acabei me acostumando (me lembrem disso quando o inverno chegar e a neve começar a cair sem parar!). Hoje me sinto feliz com a temperatura próxima dos 15° graus principalmente quando ela vem junto com o sol.

E a mais importante lição que o verão alemão tem me ensinado: carpe diem. Não dá pra ver o sol brilhar lá fora e acreditar que ele vai estar lá no restante do verão. Não dá para olhar no termômetro, ver uns 18° e deixar para usar aquele vestido lindo que está guardado há séculos no guarda roupa esperando que faca 30° graus. É preciso aproveitar o dia, regarrecar as baterias, caminhar e liberar endorfina, tomar aquele sorvete italiano, olhar vitrines, ir brincar no parquinho, visitar amigos, passear no lago e agradecer pela oportunidade de receber mais um dia de sol que pode ser último do ano.

Hoje o sol tá brilhando lá fora, mas convencer o Miguel a me acompanhar num passeio pode ser uma peleja. Ele ainda não aprendeu o verdadeiro sentido de aproveitar o dia, está mais para curtir uma preguiça junto com seus brinquedos favoritos. O que me alegra é que, segundo a previsão, o sol deve aparecer também amanha e no domingo (oba! oba! oba!), depois de uma semana inteira de chuva. Então, só nos resta aproveitar enquanto ainda temos chance, mesmo que esse verão não tenha a menor cara de verão... E olha que as vitrines com os lançamentos do outono não me deixam mentir e anunciam com botas e casacos que daqui a pouco o verão vai ser vorbei (passado).

7 comentários:

✿ chica disse...

Concordo que temos que aproveitar cada dia, de cada estação...beijos,chica

Lúcia Soares disse...

Liza, fico "inconformada" com essas informações sobre o tempo por aí. Nem me imagino numa vida assim...Claro que o jeito é acostumar, mas fácil não é. Ainda mais quando, invitavelmente, fazemos comparações com nosso paraíso tropical.
Aqui o inverno tem sido bem cmarada, frio, frio, pelo menos em BH não passamos.
Algum friozinho nos lugares mais altos da cidade, mas no meu "miolinho" está bem ameno. E mesmo assim acho desagradável demais! Odeio meu pé frio (esfriou o tempo, meus pés gelam!), a preguiça de entrar no chuveiro e depois a falta de coragem de desligar a água quentinha...
Sair debaixo do cobertor (pra mim, bastou uma leve manta)de manhã, é outro problema...
Aproveita bem o fim de semana. Tomara que faça sol, não chova e Miguel queira sair pra se divertir.
Beijos!

Lucia Maria disse...

Eh pra aproveitar mesmo, pois infelizmente daqui a pouco comeca o frio. Eu tenho sorte do verao daqui ser bem quente (acabamos de ter uma onda de calor que deixou tudo igual a uma sauna, mas ainda bem que ja foi embora).

E que foto linda, menina! Que lugar eh esse?

bjos

Meire Bagoli disse...

Liza,

Aproveite cada minuto do verão ou quase verão.
Um dos motivos que me fez voltar ao Brasil foi o verão + praia. Nossa eu não consegui viver com todo este frio. Desejo boa sorte para você. Qualquer mês apareço por ai para te fazer uma visita. beijos

Bia disse...

Liza, a america do norte roubou o calor do verão europeu... só pode, pq aqui tem feito um calor de matar, sauna total! bjs

Mikelli disse...

eu nem faco questao do calor...me contento com dias ensolarados! =) sou a ultima pessoa que reclama do verao xoxo...ate pq acho mais agradavel assim hehe bjs!

Socorro Melo disse...

Oi, Liza!

Nossa, é bem interessante e acentuada esta diferença do nosso verão para o verão alemão, não é?
Então amiga, carpe diem!

Beijos
Socorro Melo