17 de dezembro de 2010

Presentear

Eu adoro presentear! Adoro ver no rosto da pessoa a alegria em desfazer o embrulho, a ansiedade em saber o que está na caixa e a felicidade em descobrir ali algo especial. Gosto de presentes personalizados, que tenham a cara de quem está ganhando. Gosto de dar à pessoa a certeza que aquele presente foi escolhido para ela por alguém que realmente a conhece, para de uma forma diferente dizer um "eu te amo", afinal presentes são bons, mas os significados que eles carregam são melhores ainda.

Eis que estou a algumas horas num site de engenharia tentando escolher um presente para o Bebeto e já quase desisti uma dúzia de vezes de personalizar esse presente. É incrível a infinidade de resistores, transistores, fios coloridos para todos os gostos e funcoes que existem numa loja de eletronicos. E que tarefa árdua a de escolher algo que possa ser útil. Sem falar que a maioria das coisas não tem mais que 2 cm, dando a certeza que você jamais vai conseguir fazer um belo embrulho para colocar na árvore.

No inicio do namoro, eu comprava roupas, sapatos, perfumes. Sempre me decepcionava ao ver que nada daquilo importava pra ele. Depois fui percebendo que para arrancar um sorriso do moço, só mesmo dando os brinquedos para ele se satisfazer nas horas de folga. O bom é que conto com alguns amigos dele para me ajudar, mas mesmo tendo o nome dos produtos, não consigo achar no site. Dessa vez eu escolhi algo que penso que será útil, mas já me certifiquei que ele possa trocar caso não goste. Vamos ver se eu acerto com ele dessa vez! E vocês já compraram todos os presentes? Agora só falta uma semana e imagino a loucura deliciosa que estão os shoppings do Brasil. :-)

7 comentários:

Naty e Carlos disse...

"Se chovesse felicidade, eu lhe desejaria uma tempestade. Feliz Natal e um Prospero Ano Novo repleto de saude paz amor na companhia de todos os que vos são queridos.
São os nossos maiores desejos.
Bjs com carinho

Paloma disse...

Menina, não comprei nenhum ainda, acredita? Semana que vem vai bater o super desespero...heheheeh...bjo
Paloma e Isa

Lúcia Soares disse...

Dar um presente é bom demais! Gosto mais do que de ganhar, sabia? E quando a gente acerta "na mosca" e o presenteado vibra, melhor ainda.
Tomara que você contente bastante o Bebeto com seu presente.
Bj

Eve disse...

Ai, nem me fale. Ainda nao comprei o presente do meu. Apesar de eu já saber o que é. ;)
Tomara que eu nao deixe pra última hora... rs
Bjs!

Meire Bagoli disse...

Liza,

Penso como você não gosto de dar presentes por dar, gosto de olhar no presente e pensar é a cara da pessoa.
Mas vou te falar tem gente que não gosta de nada viu. Ai fica difícil!!!
Só falta comprar o presente do meu esposo, como ele sempre usou uma marca de perfume, resolvi dar uma outra marca, acho que ele vai gostar.
Quanto ao Brasil, os shoppings devem estar uma loucura...

Beijos/Meire

Beth/Lilás disse...

Liza, querida!
Pois aqui em casa, todos os presentes, sou eu quem compra.
Maridex e filho não gostam desta procura por esta época e cabe a mim comprar para cada um da família de um e do outro. Tiro de letra, pois sou daquelas que gosto dessa procura, e sempre acho coisas que vão agradar realmente a pessoa, acho que presente deve ser comprado pensando no que a pessoa é e gosta.
Mas, confesso, tô ficando véia e cansada. hehe
Pro maridex achei um presente genuíno, mas acho que ele não vai usar, porém quero só ver a cara dele ao abrir. É um chapéu panamá.
Ele não pode mais pegar sol de jeito nenhum por causa das manchas na pele dele que é branquinha, mas só usa boné, no entanto acho tão charmoso o tal chapéu panamá.
Bem, se ele não usar, vou tirar a maior casquinha. hehe
beijinhos cariocas

Ciça Donner disse...

Mana eu tb cansei de dar coisas q para Bernardo eram "egal". Sofro... mas pensa em um sofrimento... pois é SOFRO pra arrancar dele algo que realmente goste, queira, deseje, fique feliz. Se eu te contar a escolha desse natal... aguarde as fotos!!!

BEijos