7 de abril de 2009

"April, April - der macht was er will!"


Tenho andado um pouco sumida do blog, mas tem feito dias bem bonitos por aqui e tenho aproveitado para passear um pouco com o Miguel. Também tenho andado com uma preguiça imensa de escrever e como diz minha professora de alemao: to com uma "schlechtes Gewissen"(consciência pesada) de sentar aqui para blogar com tanta gramática alemã para aprender.

A primavera definitivamente apareceu por aqui. Já estão nascendo flores e aparecendo os danadinhos dos mosquitos (coisa que não sinto falta). A cidade está sempre cheia, as crianças brincando na rua (o parquinho ainda está cheio de neve) e as cafeterias lotadas de velhinhos felizes e crianças se lambuzando com os seus sorvetes. Eu e o Miguel ficamos um tempinho hoje curtindo a nossa sacada e não eh que ele nem me deixou chegar perto da minha cadeira. Egoistinha, ne?

Mas existe um ditado alemão do poeta Horst Rehmann "April, April - der macht was er will" ("Abril, Abril... faz o que ele quer!"). Ninguém consegue prever o tempo desse mês de abril. Um dia lindo de sol pode dar lugar a uma tempestade de granizo, neve, temperaturas negativas. Então temos que aproveitar bastante esses dias de sol por que não sabemos o que vem por ai. To torcendo para que continue assim por bastante tempo.

3 comentários:

Paula disse...

Delícia gente, Miguelzinho tomando sol!!! Muito, muito, muito lindo...
Beijos cheio de carinho.

Maira disse...

Adorei essa frase sobre o mês de Abril!!! Hoje mesmo combinei de almocar com uma amiga e qdo acordo tudo nublado. Pode um azar desses! Ontem mesmo tava lindo e eu nao fiz nada, saco! Mas aproveite mesmo e acho melhor já pensar em comprar outra cadeira pra varanda, pois acho que essa ai já era, viu!? Lindo! Bjks! Má

Lucia Cintra disse...

Aproveite bastante!! Eu nao vejo a hora desse tempo aparecer por aqui, pois ainda estamos com neve.

Tentei comentar num outro post seu, mas acho que vc o tirou, mas conforme for, aqui esta meu comentario pra ele:

"Eu tenho tido dias assim. Sao dificies, mas sou como vc. Nao temos pra onde ir a nao ser seguir em frente, ne? Se bem que as vezes da uma vontade de somente sentar e chorar..."

Bjos