2 de novembro de 2010

Casa nova


Estamos na casa nova desde a sexta feira passada. Correu tudo bem na mudança, graças a Deus e a ajuda de cinco super amigos que nos ajudaram em tudo e mais um pouco. Ainda tem muita coisa para ajeitar por aqui, mas a maior parte das coisas já está nos lugar. Os móveis já foram montados e só ficou faltando uma parte da cozinha.

Para mim a mudança foi uma loucura. Grávida sem poder colocar a mão na massa e ainda tendo que lidar com três dias de febre alta do Miguelzinho. Em quatro dias morando aqui já tive que experimentar o atendimento de urgência do hospital que fica ao lado aqui de casa. A médica não encontrou explicação para a febre alta, o corpo todo manchado de vermelho e os três dias sem comer. Eu e o Bebeto achamos que foi emocional devido a mudança e ao estresse dos últimos dias. Agora ele já está bem melhor, só não tem dormido muito bem, mas isso nem é novidade pra gente.

Hoje entregamos o apartamento antigo, motivo de mais estresse. Calendário de lixo trocado por causa do feriado e horário de funcionamento maluco do centro de reciclagem (onde se joga os lixos de metal) ainda tem nos dado muita dor de cabeça. O servico por lá parece nao ter fim. Pelo menos sabemos que hoje tudo será resolvido e às 17 horas nos livramos desse elefante branco.

Quanto ao apartamento novo, até agora não temos do que reclamar. Só estranhei mesmo a vizinhanca, pois esperava vizinhos mais reservados. Os daqui já falaram que adoram comer junto, fazer churrasco e que estão disponíveis para ajudar no que a gente precisar. Melhor do que a gente esperava! Já recebi a visita da minha vizinha da frente que ficou aqui durante 1 hora conversando (sim, em alemão e com um sotaque de doer meus ouvidos) e que trouxe a neta de 11 anos para tomar conta do Miguel. E já pediu para me ajudar a tomar conta do nenem quando ele nascer. Mas, nos queremos mesmo é fazer amizade com a mulher do apartamento de cima, pois ela tem um São Bernardo gigante e a gente nem tá na seca para brincar com um cachorro, né?

Bom, acho que ficarei um pouco ausente dos blogs por alguns dias, mas vou voltando aos poucos a rotina virtual. Sei que devo fotos mas vou colocando a medida que a minha casa deixar de ser um caos. Tenho também muitos emails na caixa de entrada e peco desculpas por nao ter respondido ainda. Com o passar dos dias coloco tudo no devido lugar, eu espero!

Fonte imagem: http://2.bp.blogspot.com/_ikXKOfLYdSU/SnTjDeMyeAI/AAAAAAAAJV8/lqLo4vANevI/s400/Casa.png

19 comentários:

Ma disse...

Deixa ver, seus vizinhos são alemães ou estrangeiros? Se forem alemães é realmente estranho tanta intimidade assim de cara. Eu não sou muito chegada em vizinho entrão, nesse ponto sou alemã, é só bom dia, boa tarde, boa noite.Bjs

Lu disse...

Oi Liza
que boa notícia que tudo correu bem e que os vizinhos aparentemente são legais (digo aparentemente porque essas coisas a gente tem que ver com o tempo mesmo).
Na sexta fiquei pensando em vc o dia todo imaginando a loucura da mudança.
Se cuida e volta quando der tempo, sem pressa.
Bjs
Lu

Chica disse...

Que bom que tudo deu certo e desejo tudo de bom pra vocês por aí!beijos,chica

Eve disse...

Poxa, Liza, que bom que deu tudo certo.
Viu como as pessoas já são diferentes numa cidade maior? Aqui tb foi quase assim qdo chegamos.
Que continue dando tudo certo.
bjs

Lucia Cintra disse...

Que bom que correu tudo bem, Liza! E que tb tem gente tao solidaria ai do lado. Estaremos esperando sua volta ao mundo virtual (tb nao posso falar muito, rs). bjos

Lúcia Soares disse...

Liza, desejo-lhes muita felicidade no novo lar.
Com o passar dos dias, Miguelzinho se adaptará perfeitamente, verá.
Até mudança de escola poderá ser bom pra ele, pois novidades sempre interessam ao pequeninos e eles ainda não têm muito apego e logo se acostumam.
Feliz casa nova!
beijo!

Meire Bagoli disse...

Liza,


Boa sorte neste novo lar!!!!

Nilce disse...

Fiquei feliz por saber notícias e principalmente que está tudo bem.
Quanto à febre do Miguelzinho, Liza, deve ser estresse da mudança mesmo.
Que Deus os abençoe muito nesta nova morada. Se cuida aí menina.

Bjs no coração!

Nilce

Paloma disse...

Que legal, Liz! Tudo de bom na casa nova! Estou aqui mandando boas energias para vocês! bjos
Paloma e Isa

Beth/Lilás disse...

Oi, Liza querida!
Que bom, conseguiram então fazer a mudança!
Claro que a febre do Miguelzinho está relacionada a este movimento e ansiedade também. Espero que agora tudo entre nos eixos e faça devagar estas arrumações, não precisa correr, tá sabendo!
um beijo grande carioca

Anônimo disse...

Oi, Liza!
Muitas felicidades na casa nova!!!
Vc esta certa, Miguel sentiu sim toda a confusao, mas logo, logo vcs nem mais lembrarao disso, mas so das alegrias de desfrutar de um lar gostoso!!!
Fique com Deus e se cuida !!!
Bjs
Patricia Sack

Mi disse...

nao há coisa melhor do que vizinhos prestativos! =) aproveitem a baguncinha e melhoras pro Miguelzinho! bjs!

Ronachér Pinheiro disse...

Olá,
Muito interessante suas histórias, são simples, mas cheia de empolgação e ternura.
E pra ajudar vocês nos proximos churras, tem um site ótimo aqui do Brasil é o WWW.TVCHURRASCO.COM.BR, vale a pena conferir!
Abçs

G I L B E R T O disse...

Liza

Sejas feliz na casa nova!

Estejas bem agora e sempre com tua familia!


gilberto (nel mezzo del cammim)

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Vc se mudou para aquele lugar lindo q vc nos mostrou anteriormente? Como tá tudo ai no apartamento novo? é uma trabalheira só, né?

te desejo muita sorte, no novo lar.
pelo visto os vizinhos são animados, isso é bom!

boa arrumação ai, felicidades!
bom dia

Naty e Carlos disse...

"A vida é uma maravilha para todos aqueles que sabem viver e conhecem o verdadeiro pulsar da vida eterna que jamais se acaba."
Mil Bjs com carinho

Bia disse...

Que bom que a mudanca deu tudo certo!! Eu bem sei como eh complicado e cansativo!


bjs

arlete soffiatti disse...

Engraçada essa coisa de febre emocional. A Lara está com pavor de médico e teve febre altissima bem na noite depois de eu te-la levado a um medico novo. Voltei lá e disse o que achava e ele disse que isso não procede.
No Brasil, é costume os antigos acreditarem que isso acontece.
Bjs

lucia disse...

Bete, que Deus abençoe seu novo lar.
Bjs.