11 de outubro de 2010

Versos simples



"Nosso Deus é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo aquilo que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que opera em nós.!"
Efésios 3:20


Uma das melhores lembranças da minha infância é a do dia que ela chegou. A porta da sala se abriu e o papai entrou anunciando: "É uma menina!" Foi naquele momento, em meio aos meus gritos de euforia e as lamentacoes do meu irmão que torcia por um menino, que eu soube que nunca mais estaria sozinha. Ela tinha chegado para ser minha companheira para sempre, a pessoa com quem eu dividiria tudo, com quem compartilharia minhas alegrias, conquistas, vitórias e quem me daria apoio nos momentos de tristeza, perdas e medo.

Ela realmente mudou a minha vida para sempre. Temos uma ligação incrível, um amor grandioso, sincero e que supera todas as nossas diferenças, pois mesmo sendo irmãs pensamos e agimos diferente em muitas coisas. As vezes ela diz que sou chata e intrometida demais, e confesso que sou mesmo. É meu instinto de super protecão, meu carinho enorme e vontade de protege-la de todas as coisas ruins desse mundo. Na verdade eu sempre a vi como mais que uma irmã. Talvez pelo meu jeito protetor ou pela separação dos nossos pais, sempre a vi como minha filha, a minha pequena que precisava da minha protecão e carinho acima de tudo.

Me lembro dos meninos dizendo que não iam me namorar por que eu era uma "adolescente-mãe" que só se preocupava com minha irmã. Me lembro das pessoas dizendo que me sacrificava demais por ela, que dormia junto na mesma cama pendurada para ela dormir espaçosamente (ela sempre foi muito espaçosa do mesmo jeitinho que o Miguel é hoje) só para ela não sentir medo, que o amor que tinha por ela não era amor de mãe para filho e que quando tivesse um filho saberia a diferença. :) Não me arrependo dos namoros perdidos, dos tombos da cama e a chegada do Miguelzinho só confirmou o que eu sempre soube, que o amor que eu sinto por ela é tão grande quanto o amor que sinto pelo meu filho.

Amo tudo na minha pequena, não tão pequena assim. Amo seu jeito meigo e puro, sua forca e coragem para enfrentar e superar tantos problemas que ela enfrentou, amo sua inteligencia, sua alegria, sua sensibilidade, sua lealdade e até seu jeito nervoso e bravo que ela herdou da mamãe. Queria poder dizer tantas coisas para ela nesse dia... Queria estar por perto, abraça-la num abraço bem forte e gostoso e dizer o quanto a amo, o quanto eu desejo que ela seja feliz e que realize todos os desejos do seu coração. Queria poder dizer que o meu desejo mais sincero para ela nesse dia, é que seus olhos, ouvidos e coração estejam sempre abertos para o que realmente importa nessa vida. Que ela trilhe o caminho da paz, guiada sempre pelo Espírito de Deus. Que ela tenha os pés firmados na Rocha, para enfrentar todas as dificuldades, seguindo firme sempre para o Alvo.

Ninha, minha doce e querida irmã! Você é especial, única, querida. A distancia não existe entre nós, eu sei disso e sei que no fundo do seu coração, apesar de toda a saudade e de toda a vontade de me ter por perto, você também sabe. Você sabe que o que nos une, está além de fronteiras, ultrapassa oceanos e se fortalece ano após ano. Conte comigo sempre, minha irmã e melhor amiga. Hoje do meu jeito comemoro a sua vida, comemoro o presente que é tê-la como família e agradeço a Deus por todas as bencãos que Ele tem dado a você nesses "poucos mais de 20 anos" de vida. Amo você!


7 comentários:

Flavia disse...

ai que lindo!
emocionei...

Beth/Lilás disse...

Liza, bom dia!
Que linda sua declaração de amor para a irmã querida!
Isso mesmo, devemos fazer as declarações em vida, não deixar passar o tempo para dizer 'te amo'.
um beijo grande carioca

Anônimo disse...

Vc me fez atá chorar, também amo você! E 20 e poucos anos é sacanagem hein?!20 e muitos ... rs

Nilce disse...

Que linda declaração de amor fraterno, Liza. Emocionante!
Parabéns a sua irmã pela data e que a amizade e amor que as une sejam eternos. Deus abençoe as duas.

Bjs no coração!

Nilce

Dani dutch disse...

Liza, que dedicatória linda a sua irmã, ela deve estar super lisonjeada.
Eu tenho uma também somos 5 anos difernetes de idade.
bjuss

Patricia Sack disse...

Oi, Liza!
Que linda dedicatorias!!! Que vcs duas possam sempre estar ligadas por esse amor tao lindo e sempre firmes na ROCHA!
Bjs

PS: Oba! Ate que enfim consegui postar um comentario...

Lucia Cintra disse...

E nao eh interessante como a gente continua vendo os irmaos mais novos como bebes? Eu mesma nao consigo acreditar que minha irma cacula ja esta com quase 30 anos, nao entra na cabeca!

Que post mais lindo, Liza! E que a amizade entre voces permaneca forte assim pro resto da vida! Nao ha nada mais forte do que um elo fraternal assim.

bjos