16 de outubro de 2009

Enquanto isso, a neve cai lá fora...

Tirei a tarde para relaxar um pouco, coisa que a muito tempo eu não experimentava. Já que não posso vencer a preguiça, resolvi me entregar a ela com tudo que tenho direito: edredon, pantufa, chá quente e biscoito de nozes. Infelizmente e bem antes do que eu esperava, o frio chegou para valer por aqui, o que pode significar que devemos nos preparar para um inverno bem rigoroso. O que me anima é saber que passarei parte do inverno curtindo o verão do Brasil (contagem regressiva: menos de 3 meses).

Na próxima semana será a última do curso de alemão. Já estou sentindo falta da rotina corrida e das pessoas que conheci lá. É incrível como me apego facilmente e como geralmente me decepciono. Um dos amigos mais especiais que fiz no curso, saiu depois da prova sem se despedir de mim e nem disse que não voltaria para continuar o curso. Algumas outras pessoas de lá também demonstram não terem a menor intenção de se encontrarem novamente quando o curso terminar. Sem falar na organização da nossa festa de despedida. Eu cheia de ideias, querendo levar música típica, fazer um mural de fotos com bandeiras e curiosidades sobre os países, e a maioria preferindo uma coisa rápida e simples. Realmente as diferenças culturais saltam aos olhos.

Essa semana comecei a organizar a festinha do Miguel. Escolhemos o tema, alugamos a decoração, fechamos o local da festa. Eu e minha mãe temos trocado muitas ideias por telefone e pretendemos fazer quitutes deliciosos para o aniversário. Como estarei na casa dela nos dias anteriores a festinha, terei a oportunidade de ajudar nos preparativos das guloseimas. Optamos por fazer uma festa simples, como a do ano passado, primeiro por que nessa idade as crianças não aproveitam tanto e por que estamos economizando para a festa de casamento. É incrível como custa caro fazer festa no Brasil! Não vejo a hora de colocar a mão na massa: fazer os convites, cortar as forminhas, fazer os docinhos, escolher as lembrancinhas. Como no ano passado, quero fazer o máximo de coisas que eu conseguir, por que isso é uma das coisas que mais me dá prazer. Adoro organizar a festa e participar de tudo, principalmente sabendo que faço tudo pelo meu filhotinho.

Enquanto eu escrevia esse post, comecou a nevar por aqui... Mais um sinal que devo continuar por aqui debaixo do edredon.

7 comentários:

Dona Flor disse...

Esse inverno promete ser rigoroso... aqui não nevou mas hoje de manhã estava -4 graus!
Eu também não mantive contato com ninguém do curso de integração. Com uma eu até tentei, visitei ela algumas vezes, marquei almoços e saidinhas pra café, mas aí cansei de ir atrás e quando eu parei de ligar eu nunca recebi nenhuma ligação dela, nem recados no facebook, nada...
Fiquei chateada mas aprendo cada vez mais a não ter expectativas. Uma hora você também aprende!
Mil beijos!

arlete soffiatti disse...

Oi, Liza,
Já nevou por ai? Aqui só deu uma geada e amanheceu com 1 grau ainda positivo. A Lara está com bronquite, eu com garganta inflamada, meu marido com alergia. aiaiai. Voce está no facebook?

Laura disse...

Nossa Liza, aqui o frio chegou com tudo tb. Qdo vi o termometro marcando 3 graus quase tive um treco... semana passada eu ainda estava de saia!

Beijos a animos!!!

Elisângela e Paula Luiz. disse...

Oi amiga,
Ao contrário daqui o calor está daquele jeito que vc conhece bem, e como amo o frio já te disse adoraria conhecer esse clima por ai...hehehe
Qualquer coisa que precisar pra festinha do Miguelzinho pode contar comigo!
Beijos

Sandra Santos disse...

Adorei esta frase "Já que não posso vencer a preguiça, resolvi me entregar a ela com tudo que tenho direito", que combina direitinho com meu estado de espírito no momento, hehehehe... É tao bom já se sentir hoje feliz pelos acontecimentos num futuro próximo, nao é mesmo? Tenho certeza que a festa do Miguelzinho vai ser um show!
Um beijo e bom domingo,
Sandra

Lucia Cintra disse...

Ai que inveja! Quero pantufa, roupa quentinha e me enrolar no cobertor tb! rsrs

Isso tb ja aconteceu comigo, Liza. Tenho tendencia a me apegar nas pessoas e ja me decepcionei muiiiito! Mas... me deixou mais esperta, sabe? Vivendo e aprendendo. Nao deixa de ser algo chato.

E seu entusiasmo pra preparar a festinha do fofo ate me animou. Eu adoro preparar festas, acho uma delicia! E como esta a preparacao do seu casorio? bjos

Beth/Lilás disse...

Oi, Liza!
Que delícia esse tempinho com edredom e biscoitos de nozes juntos!
Fico feliz em saber que irão fazer a festa do filhote aqui no Brasil e que logo estarão sentindo o calorão dessa terrinha.
Você já sentirá visivelmente as diferenças daí para aqui, pois por mais que reclamemos que estamos longe, que no Brasil não tem isso ou aquilo, o choque torna-se muito grande quando vemos os absurdos que ainda temos por aqui e o muito a vencer e consertar.
Voltei de Londres e Lisboa e ainda estou sentindo estas sensações meio estranhas, mas logo passa e entro no ritmo louco disso aqui.
um super abraço carioca