24 de fevereiro de 2011

Momento mãe

Está difícil estabelecer a rotina por aqui novamente. Desde que voltamos de viagem, os horários do Miguelzinho estão baguncados e ele tem exigido uma atenção bem maior que antes. Provavelmente por que no Brasil tinha sempre alguém paparicando a criaturinha. Ele já acordava com minha mãe em cima dele com mil mimos e sempre que queria brincar tinha a madrinha disponível. Sem falar que isso se repetiu em cada casa que visitamos. Agora ele quer que a mamãe esteja disponível nas 14 horas que ele passa acordado, o que na teoria é uma delicia, mas na prática é complicado, afinal existem outros afazeres gritando por mim o tempo todo.

Tenho dado o maior apoio possível e temos brincado muito. Também temos dado algumas voltas, nos dias que a neve deixa a gente sair de casa. A partir do dia 15 de marco ele recomeça na escolinha, depois de passar quase 5 meses fora. Com a mudança de cidade, tivemos que tirá-lo da outra e confesso que para mim foi um alivio. Apesar do carinho que as pessoas tinham com ele, notava que ele não estava feliz lá, pelo menos nos dois últimos meses. Ele se tornou mais agressivo e chorava cada vez que tinha que ir para a escola, dando sinais que não estava mais se adaptando.

Foi muito difícil encontrar um escolinha aqui nessa nova cidade. Geralmente as vagas são para setembro, quando começa o ano letivo, mas com a idade dele não dá para esperar mais 6 meses. Sem falar que a médica deixou bem claro que ele não fala ainda por que precisa ter contato com a língua alemã. Estamos ansiosos e sabemos que por mais difícil que seja no inicio, a escola só trará benefícios para todos nós. Mas, a verdade é que o coração da mamãe aqui, já está pequenininho em pensar nas dificuldades que ele vai ter que enfrentar. Quem disse que vida de mãe é fácil, né? Ah, quero falar um pouco do outro filhote, que já tem até nome, mas vou deixar para o próximo post, por que o Miguelzinho já está me chamando pra brincar de trem. ;)

11 comentários:

Ma disse...

Liza, procura fazer outras atividades com ele além da escola. Karaté, futebol, Turnen (esporte). Tem umas associações esportivas dos bairros que são baratíssimas, eu pago 6 Euros por mês no esporte da Julia, uma hora. Tem nas igrejas também umas atividades pras crianças, a Julia vai uma vez por semana no coral infantil e aos sábados na Kinderkirche. A escola é importante, mas só ela eu ainda acho pouco pra desenvolver a linguagem e a interação social. Boa sorte! Bjs

Liza Souza disse...

Ei Ma, obrigada pelas dicas. Ele vai comecar também na escola de música e na natacao.
Beijos

Eve disse...

Pois é, mamãe, a vida escolar tb vai ser atribulada no início, mas ele vai adorar ter amiguinhos. e vai começar aquela de: mamãe, posso trazer fulaninho pra cá? rsrs
Bjs!

Chica disse...

Não deve ser fácil pra ele mesmo,mas tudo já, já se ajeita!beijos,tudo de bom,chica

Dani dutch disse...

Liza, eu cehguei faz quase 2 semanas e meia, e ainda to me ajeitando também, é escola, casa, reforma, nossa parece que nao tem fim.
E devagarzinho as coisas vao entrando nos eixos.
Eu imagino o quanto o Miguelzinho foi paparicado no Brasil, lá temos um amor e carinho muito grande, díficil de achar em outros países.
bjuss

Georgia disse...

Liza, obrigada pela visita.

Olha, o comentario da MA, é muito apropriado. Tem que envolvê-lo com outras atividades paralelas ao jardim. Ele me pareceu ser super ativo e vc precisar queimar em bom sentido, essas hiper atividade, rs.

Tem tb escolinha de música, em grupos onde os precos sao bons oferecidos pelo VHS.

Um beijo grande e volte mais vezes.

Lucia Cintra disse...

Oi Liza!

Pensa so que daqui a pouco voce vai ter que brincar com dois!!! E tenho certeza de que vai amar!!

Saudades de ti!
bjos, Lu

KINHA disse...

Olá Liza


Vc já está participando do SORTEIO das JOIAS?
Não, venha, estamos esperando por vc...

Bjooooooooo.........

http://amigadamoda.blogspot.com

Lúcia Soares disse...

Liza,o Miguel vai se adaptar logo, vai ver. Criança é "maleável", gosta de interagir, e ele vai se dar bem, é uma criança esperta, amada, cuidada.
Beijo!

Suzala Moura disse...

Liza, minha linda...é só uma questão de tempo!! Logo o seu filho vai estar adaptado...pode esperar! Beijos

arlete soffiatti disse...

Não querendo ser pessimista mas vendo a realidade daqui de casa, bem quando o Miguelzinho estiver se adaptando, tudo vai mudar. E quem vai ter que ter muuuuuito jogo de cintura é voce. Quando estiver amamentando, ele vai querer que você brinque e se voce não o convence-lo que não da pra brincar naquela hora, ele é capaz de fazer uma estripulia pra chamar sua atenção. Estou falando isso, porque estou passando, ainda, por bons bocados com a Dona Lara que é bem mais velha que o Miguel. Voce acredita que nem andar pela casa sozinha ela anda? E agora eu tenho que limpa-la de novo. É um retrocesso que foi sentido até no Kindergarten, e olha que ela já esta la faz quase 3 anos. Eu nao pensei que fosse ter esse tipo de problemas, mas...Se prepare para lidar com essas situaçoes, se elas não vierem, voce estara no lucro.
Beijos e de novo, só falando sobre a minha experiencia.