17 de fevereiro de 2010

Neve pra mais de metro

Chegamos na segunda a tarde depois de uma viagem relativamente tranquila. O Miguelzinho só deu trabalho no pouso do voo de BH para SP. Foram mais ou menos 15 minutos de birra, acompanhada de gritos histéricos e choro compulsivo, que assustou muito a mim e ao Bebeto e por mais livro que eu já tenha lido, por mais conselhos que outros pais tenham dado e ensinamentos da pediatra em como agir numa birra, não conseguimos conter o ataque de fúria dele para não usar o cinto de segurança. Mas, em todas as outras 24 horas e meia de viagem, ele agiu como um rapazinho e não deu trabalho algum.

A viagem de avião foi perfeita. Dá para acreditar que não passamos por nenhuma turbulência? Dormimos a maior parte da viagem e quando acordamos faltava pouco mais de uma hora para aterrisar em Frankfurt. Agora estresse mesmo encontramos no aeroporto. Você já se imaginou num Duty Free comprando tudo o que você tem direito e que não deveria comprar por já ter gastado horrores na viagem e deixando a sacola lá? Nem posso me lembrar disso, mas foi desse jeitinho que aconteceu. Voltei para tentar recuperar a sacola, mas a caixa disse que não tinha ficado lá, mas na minha opinião o próximo cliente levou os meus perfumes e ficou feliz da vida, por que da loja até o lugar onde descobri que tinha perdido a sacola não parei em lugar nenhum e teria escutado o barulho dela no chão se tivesse caído da minha mão. Eu curti um pouco a tristeza de ter perdido os perfumes, mas levantei a cabeça e percebi que se tratava apenas de dinheiro e graças a Deus temos condição de recuperar o que perdemos. Mas claro que erguer a cabeça significou voltar e comprar tudo de novo, afinal sou mulher e comprar está no meu DNA.

Também tivemos problema na viagem de trem. Ganhamos um ticket no aeroporto que dava direito a um de nós viajar de graça. Confirmamos com um senhor que trabalhava na empresa que vende passagens de trem e ele confirmou que o ticket era válido, mas o pessoal do controle de dentro do trem não conhecia a promoção, arrumaram uma confusão tremenda e acabaram aplicando uma multa de 40 euros por estarmos viajando sem a passagem. Nós não estavamos entendendo bem o que estava acontecendo e mesmo com um alemão muito ruim questionamos e acabamos provando que o ticket era mesmo válido e que a confusão era deles. O bom é que perceberam que estavam errados, mas o estresse do momento deixou a gente irritado. Fora isso, atrasos de trem, trens cheios, malas pesadas...

E ao chegar em casa: neve, muita neve! Na nossa sacada (veja a foto acima) já temos mais de um metro e meio de neve. A cidade tem neve para todo lado, o que significa frio de lascar para quem acabou de chegar de um calor exagerado, mas com isso a gente acaba acostumando, principalmente por que daqui a pouco chega a primavera e depois o verão.

Tenho muito para contar, fotos para postar, blogs para ler e me atualizar. Senti uma saudade enorme do blog e da minha rotina na internet. Senti falta do cantinho de cada uma das amigas que fiz por aqui. Minha vontade é de sentar em frente ao laptop e ficar por aqui, mas o dever me chama. Ainda faltam muitas coisas para colocar em ordem, roupas para lavar, passar, brinquedos para organizar. E o fuso, esse tá deixando a gente meio doido ainda. A gente dorme demais, come de menos, troca os horários, pensa que é cedo e quando assusta o dia já passou. Hoje o Bebeto voltou a trabalhar e imagino que na próxima semana já tenhamos nos acostumado novamente com a rotina de antes. Mas, com a rotina do blog espero voltar hoje ainda, afinal é essa rotina que ajuda um pouco a amenizar a dor da saudade que já começou a apertar.

8 comentários:

NeliFlor disse...

ehh que bom que voltou e ja voltou postando to esperando as outras fotinhos ....e é verdade é muita neve ja nao coloco minha cara na rua com a mesma alegria de sempre :(

Mi disse...

que bom que vcs chegaram bem, apesar do stress da viagem. Qdo viemos pra ca no voo da Air France pegamos turbulencia o tempo todo..uma desgraca. E ainda por cima o aviao nao estava la muito bem, entao a luz nao apagava, nao tinha filme. Foi um dos piores voos que ja fizemos. Mas agora to doida pra ver as fotos ;) com muito sol por favor, pra gente se aquecer nesse inverno. bjs!

Eve disse...

Menina, haja neve, hein?
E o trabalhão de tirar tudo isso? nem quero pensar.
O jetlag é chato, muito chato. O bom é que passa.
Depois quero as novidades. Tb tenho muitas lá no blog. rs

Bjs!

Jane | Beijo de Pracinha disse...

puxa, obrigada pelo comentario la no blog!

que bom que voces chegaram bem, apesar desse pequeno contratempo. aqui fez muito frio tambem, mas ja melhorou. to achando -2 graus uma amenidade! rsrs

beijinho!

lucia disse...

Fico feliz por tudo ter dado certo.
Adorei vc ter me ligado logo que chegou aí.
AMEI a foto.
Ontem (16/02) aqui em BH chegou a fazer 33°. Vou repetir: EU DETESTO CALOR.
Beijos.

Lucia Cintra disse...

Liza, que bom que tudo foi tranquilo, exceto o lance dos perfumes! Aff!

Estou doida pra ver as fotos e saber das novidades e pois eh... fomos soterrados por neve aqui tb umas semanas atras... Joy!!!

bjinhos

Lúcia Soares disse...

Oi, Liza. Também estou ansiosa pelas novidades.
Para a minha xará, sua amiga daqui de BH, Lúcia: apareça no blog, vai me dar muito prazer, viu?
E a birra do Miguelzinho pode ter sido apenas cansaço, tem que dar um desconto, né? O melhor a fazer, nesses momentos, é ignorar. Parece difícil, as pessoas à volta ficam olhando, querendo uma ação nossa, mas a criança está cega e surda a qualquer apelo. Se der pra sair de perto dela (o que não era o caso) , é bom fazê-lo também. Enfim, se houvesse mágica, a gente queria mesmo é que o chão se abrisse...rsrsrrs Mas que bom que foi só nesse momento e ele se acalmou. Beijo nele!
Sobre os perfumes, uma pena.
A neve...nem me fale,está castigando vocês! E nós nos derretendo aqui...Sempre adorei calor, mas o deste ano está demais!
Então, Liza, coloca suas coisas em ordem em casa e venha se divertir com os blogs.
Bj

Liza Souza disse...

Neli, o pior é que se a gente olhar a neve nao sai de casa nunca, né? Logo posto as fotinhos.

Mi, odeio turbulencia e geralmente nem consigo dormir por causa disso. Imagino o caos que foi o seu voo.

Eve, to tentando nem pensar em como tirar tanta neve. Coitado do marido, afinal isso é tarefa de homem. rs Logo me atualizo lá no seu blog.

Jane, to igualzinho voce. Comemoro quando o termometro marca essas temperaturas amenas. rs

Lu, voce sabe que essa foto foi tirada especialmente pra voce, né? Pena voce nao estar aqui agora para se livrar desse calor maravilhoso. hahahahahahah

Lu Cintra, fiquei sabendo que ai tbm foi um caos de tanta neve. Ainda bem que logo ficaremos livres desse inverno horrível. Saudade demais do seu cantinho.

Lu Soares, queria mesmo que tivesse uma maneira mágica de controlar a pirraca do Miguel por que ele está numa fase muito dificil. Ainda bem que com o tempo isso passa e ai a gente se preocupa com outras coisas, tipo as rebeldias da adolescencia. rs Menina, o calor em BH está realmente fora do normal, mas eu ainda prefiro derreter a congelar por aqui.

Beijos a todas voces!