26 de setembro de 2011

Para ninguém me esquecer...

* O Davi já fez 3 meses e as cólicas continuam, mas agora não tão fortes quanto antes. Isso me faz ter esperança de que em breve nem nos lembraremos mais desse período tão difícil. Nos dias em que ele não tem dor, a paz é total por aqui. Ele fica bonzinho, risonho e nem faz questão de colo. Por falar nisso, eu nunca vi um bebê tão sorridente quanto esse meu menino.

* O Miguel anda tagarelando horrores. Ele demorou muito a falar, mas agora resolveu soltar a língua e repete tudo o que a gente fala, inclusive aprende até o que não deveria. Inteligente que só vendo! E olha que não é papo de mãe. Eu escuto isso sempre das professoras e da terapeuta dele.

* O Bebeto passou na prova teórica para tirar a carteira de motorista alemã. Aqui essa é a parte mais difícil. Me parece que são mais de 900 questões para estudar. Tadinho! Até hoje não sei como ele conseguiu tão rápido, tendo que me ajudar com os meninos. Agora ele está fazendo as aulas praticas, para perder uns vícios que trouxe do Brasil e para aprender a dirigir do jeito alemão. ;)

*Eu continuo virando noites e mais noites e nem assim consigo emagrecer um grama. Na verdade só tenho perdido incontáveis cabelos por causa da amamentação. Continuo apanhando para dar conta de cuidar dos meninos, da casa, do marido e de mim. Realmente os primeiros seis meses depois do parto não são nem de longe os meus preferidos. O mais engraçado é que, apesar de tudo, ando numa felicidade sem fim e tendo sempre a certeza que tudo passa muito rápido na vida da gente, então temos que aproveitar cada momento e acreditar no brilho do sol, mesmo quando só enxergamos nuvens cinzentas no céu.

5 comentários:

Ma disse...

Aqui tb estou me virando nos 3o pra dar conta de tudo. Até quinta estou sozinha, marido viajou a trabalho, então é só caos. Eu achei mais difícil a prova prática de motorista, porque dirigir do jeito deles é uó! Ah, e as cólicas aqui já foram embora há muito tempo, exatamente com 3 meses completos, mas a pequena não pode me perder de vista um minuto, nem no chão sozinha fica, só no coloooooo. E seguimos assim. Bjs

Lúcia Soares disse...

Liza, imagino o quanto não é fácil.
Se ao menos tivesse alguém para lhe ajudar, como temos por aqui, no Brasil, seria menos difícil. Mas há coisas que sá as mães fazem, a noite é delas mesmo e por mais ajuda que se tenha, é muita coisa para fazer!
Que bom que Miguel está cada dia mais esperto, não lhe falo que é uma questão de tempo? Uma criança perfeita, apenas teve seu ritmo próprio, na calma, na sua pequena sabedoria.
Fico feliz em ler tão boas notícias (menos a das cólica, tadinho de Davi! Mas vai passar rapidinho!).
Falo sempre pra Fabiana e Renata e lhe digo: curta muito, viu? Porque passa rápido demais, demais!
Beijo!

✿ chica disse...

Bom saber notícias tuas e de todos. Tomara passem essas cólicas e possas curtir a paz...beijos, tudo de bom,chica

Anônimo disse...

Ei! To sentindo um cheirinho de pneu e gasolina!!!
Logo, logo vcs estarao motorizados e vai ficar bem mais facil!
Vc tem razao... enxergar o brilho do sol, mesmo qdo a nossa chama esta um pouquinho apagada! To tentando tambem, viu!!!
Bj
Patricia

Lu disse...

Liza querida
a gente nao te esquece nao... por mais que essa fase seja difícil de cólicas e tudo o mais, ela passa tao rapido, quando vc menos esperar estará com os dois criados.
E quanto ao Miguelzinho, eu te falava que uma hora ele soltaria a voz e o verbo. Nao é fácil falar dois idiomas ( e muito menos pensar em dois idiomas). Que ótima notícia...
E quanto a vc, da-lhe bicicleta e fechar a boca né... Acabei de escrever no blog sobre a perda de peso no pós parto.
Bjs
Lu