26 de janeiro de 2009

Mais do que eu sonhei


Finalmente um tempinho pra postar as tão esperadas fotos da viagem. Como não sabia por onde começar, decidi falar primeiro da festinha do Miguel. Foi tudo perfeito. Ainda melhor do que eu pensava. Reencontrei pessoas muito especiais que compartilharam essa alegria comigo, com o Bebeto e com o Miguel. Foi mágico, um sonho que eu sonhei e que vi tornar realidade. Só tenho a agradecer a Deus pela dádiva de ver o meu filho completar um ano. Agora a pouco mesmo comecei a observa-lo brincando aqui do meu lado. Seus olhos grandes, cabelo que insiste em crescer só em cima e um sorriso cativante atrás do bico de leaozinho. Cercado por brinquedos ele delirava com um de seus preferidos: uma lata e uma colher de pau. A cada som que ele tirava da sua "bateria", emitia gritinhos eufóricos e balbuciava palavras incompreensíveis, mas que traduziam a sua felicidade. Por alguns segundos ele ficou em pé, me olhou e sorriu como se quisesse dizer que já eh um homenzinho que pode ficar de pé sozinho por algum tempo. Tentei, inutilmente, disfarçar a minha admiração, mas por que esconder esse sentimento tão lindo que sinto pelo meu filho?



Um ano se passou! 365 dias que fizeram uma diferença incrível na minha vida. Um ano em que aprendi muitas coisas especiais e que trouxe a tona sentimentos que eu nem pensava existir. Na verdade tudo começou quando ele ainda estava dentro de mim. Em seu primeiro segundo de vida, quando trouxeram ele pra mim no hospital, quando ele parou de chorar ao ouvir a minha voz, aprendi mais que em todos os meus 30 anos de existência. Ali percebi que meu coracao batia por duas pessoas, e que eu seria capaz de qualquer coisa por essa pessoinha que acabava de sair de dentro de mim. Percebi que nunca mais a minha vida seria a mesma.




Hoje vejo o quanto passa rápido e o quanto devemos aproveitar cada segundo. Eh o que tenho procurado fazer a cada dia. Tenho me dedicado incessantemente ao meu filho. Tenho oferecido a ele um amor puro e incondicional. Tenho tentado dar a ele tudo de melhor que eu puder oferecer. Tenho sido mãe, amiga, companheira.



Foram por esses motivos, por essa felicidade transbordante que tenho na minha vida desde a chegada do meu pequeno (quase grande) que sonhei tanto com a festinha de 1 ano dele. Por mais que eu soubesse que ele não aproveitaria nada, que seria uma correria, e que eu teria muito trabalho, me dediquei e me empenhei em cada pequeno detalhe. Fiz questão de fazer tudo com minhas próprias mãos (convite, forminhas, docinhos, lembrancinhas, guloseimas). Foram dias e noites de dedicação, mas valeu cada segundo.


Também tenho muito a agradecer a meus pais, minha irma (que fotografou tudo) e as minhas amigas Lilian (que me ajudou com a decoração e com o bolo), e a Xenia (que me cedeu a sua casa). E também preciso agradecer muito a todos que compareceram na festa e que dividiram esse momento conosco. Sem essas pessoas a festinha não seria tão especial e foi maravilhoso saber que apesar de morar tão longe, a amizade e carinho das pessoas que fazem parte da nossa vida continua o mesmo.




Um comentário:

neli disse...

Liza!!!!
Parabéns ficou tudo lindo que bom que vc voltou pra nos contar tudoo
adorei as fotos a dele só de fraldinha então.
bjubjubju
felicidades sempre :)